6 sites/aplicativos para ajudar a controlar as suas bibliotecas pessoais

@epistarse | abril 02, 2015 Deixe seu comentário

Você está a procura de criar listas digitais de todos os livros impressos ou digitais que você possui? Existem muitos aplicativos que podem ajudar você a criar estantes digitais baseados nos livros de impressão que você tem em sua casa ou em arquivos no seu computador. Muitas dessas ferramentas permitem que você escaneie o código de barras com o seu telefone para ser adicionado à lista. Reunimos uma lista de cinco dessas ferramentas, juntamente com um link para o site/aplicativo e descrição do site/aplicativo. Sinta-se livre para compartilhar recomendações adicionais na seção de comentários.

1. Liblib (em inglês, de fácil manuseio) - "Nossa biblioteca de gerenciamento atende exclusivamente para coisas caseiras e bibliotecas privadas. Nosso software on-line permite que você crie múltiplas bibliotecas, catálogo de livros, filmes, vídeo games e música. Permite criar tags, deixar notas, importação/exportação e muito mais! "

Análise do blog: Esse é o meu preferido e por fazer o diferencial e apresentar funções que os outros não atendem, como ter opção de bibliotecas privadas, poder adicionar outras coisas além de livros, depois do livro estar na biblioteca ele é totalmente editável, além de poder criar várias e tem um sistema para adicionar os livros pelo título, autor, ISBN, o que pode ser fácil para o usuário de qualquer país ou idioma.


2. LibraryThing (em inglês) - "é um serviço on-line para ajudar as pessoas a catalogar seus livros facilmente. Você pode acessar seu catálogo a partir de qualquer lugar, até mesmo em seu celular. Porque todo mundo cataloga juntos, LibraryThing também conecta as pessoas com os mesmos livros, surge com sugestões para o que ler depois e assim por diante.

Análise do blog: O Library Thing funciona também como uma rede social, tem várias opções de organização dos livros, já está a bastante tempo no ramo com sede em Portland, Maine ,LibraryThing foi desenvolvido por Tim Spalding e foi ao ar em 29 de agosto de 2005. A partir de janeiro de 2015, tem mais de 1,9 milhões de usuários e cerca de 95 milhões de livros catalogados.

Comentário adicional: A principal característica do LibraryThing ("LT") é a catalogação de livros de importação de dados de bibliotecas através do Z39.50 e conexões a partir de seis lojas Amazon.com. Fontes fornecidas de bibliotecas Dublin Core e MARC registradas a LT; os usuários podem importar informações de 690 bibliotecas, incluindo a British Library, Canadian National Catalogue, Library of Congress, Biblioteca Nacional da Austrália, e da Universidade de Yale. Se um registro não estar disponível a partir de qualquer uma dessas fontes, também é possível adicionar as informações do livro através de um formulário em branco.


3. aNobii (em inglês) - "é uma comunidade construída pelos leitores para os leitores, permitindo-lhe encontrar, arquivar, rever e compartilhar livros. Desde 2006, a missão da aNobii é trazer os amantes de livros juntos e incentivar a leitura."

Comentário adicional: aNobii é um site de rede social destinada a leitores. Seu site foi lançado em 2006 por Greg Sung. Foi adquirida pela editora Mondadori em 2014, de um empreendimento apoiado pelo Grupo HMV , HarperCollins , Pinguim e Random House.

O serviço permite que os indivíduos possam catalogar seus livros e avaliá-los, analisar e discuti-los com outros leitores. O serviço está disponível através do site da aNobii, iPhone e Android. Os aplicativos permitem que os indivíduos escaneiem o código de barras de livros e leem tanto a nível comunitário como para opiniões de especialistas. aNobii tem leitores em mais de 20 países, mas é mais popular na Itália.


4. BookLikes (em inglês) - é um website de catalogação social fundado em junho de 2011 por Dawid Piaskowski, um engenheiro de software, analista de e-business e empresário, e Joanna Grzelak-Piaskowska , linguista e estudioso literário. O website permite que os indivíduos para pesquisar livremente banco de dados BookLikes 'de livros e revistas. Os usuários podem se inscrever e registrar livros para gerar catálogos de bibliotecas. Eles também podem criar seus próprios grupos de sugestões de livros e discussões.

Dentro de oito meses de testes beta antes do 14 maio de 2013 lançamento público do site em sua forma atual, reuniu 8.000 blogueiros. Antes do seu lançamento público no formato atual, BookLikes tinha ganhado um prêmio como o mais inovador pequeno negócio na Grande Polônia, em 17 de abril de 2012.


5. Goodreads (em ingles) - Esse não precisa falar muito, é o site com mais usuários no mundo (atualmente com 30 milhões) para leitores e recomendações de livros. Com a missão é ajudar as pessoas a encontrar e compartilhar livros que amam. Goodreads foi lançado em Janeiro de 2007.
Algumas coisas que você pode fazer no Goodreads: - Veja quais os livros que seus amigos estão lendo, - Acompanhe os livros que você está lendo, leu e quer ler, - Confira as recomendações de livros personalizadas, - O mecanismo de recomendação analisa 20 mil milhões de pontos de dados para dar sugestões adaptadas aos seus gostos literários, - Descubra se um livro é uma boa sugestão para você a partir de comentários de nossa comunidade (que conta com 34 milhões de resenhas). Em 28 de março de 2013, a Amazon anunciou a aquisição da Goodreads por uma quantia não revelada.


6. Shelfari (em inglês) - é um website de catalogação social para livros. Usuários do Shelfari constroem estantes virtuais dos títulos que possuem ou leram e pode classificar, avaliar, colocar tag e discutir os seus livros. Os usuários também podem participar de grupos de leitura on-line para explorar ainda mais literatura e trocar idéias e interagir e aprender com os autores Descubra livros que são populares em seus círculos de amigos confiáveis..

Shelfari foi lançado no dia 11 de outubro de 2006. Em fevereiro de 2007, Amazon.com investiu US $ 1 milhão em Shelfari e moveu-se para adquiri-la um ano depois, em agosto de 2008.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: